GIRL POWER ūüí™

Muito na moda √© feminino: a palavra moda, seu p√ļblico e sua m√£o de obra. Lideran√ßa tamb√©m √© substantivo feminino e est√° mais do que na hora de vermos mulheres liderando grandes marcas.

Mulheres na moda

√Č muito claro que sem n√≥s, mulheres, n√£o existe moda. Al√©m de sermos as maiores consumidoras de moda (80% das decis√Ķes de compra de moda, segundo a PwC), mulheres tamb√©m representam 80% da for√ßa de trabalho dessa ind√ļstria no mundo, e 75% no Brasil.1

Mas você já se perguntou que posição ocupam essas mulheres? Apenas 15% exercem cargos de liderança em empresas do setor.2 Das empresas de moda e varejo que fazem parte da lista Fortune 1000 (as mil maiores empresas americanas), apenas 12.5% são lideradas por mulheres.3 

√Č isso mesmo que voc√™ leu: a moda, uma ind√ļstria dominada por produtos femininos e sustentada pelas compras de mulheres, ainda √© predominantemente liderada por homens, sejam eles CEOs, designers, editores de moda ou donos de f√°brica.

Se a ind√ļstria emprega milh√Ķes de mulheres, as grandes marcas n√£o deveriam agir mais e divulgar informa√ß√Ķes sobre o que est√£o fazendo para diminuir a desigualdade de g√™nero internamente? Quais s√£o as pol√≠ticas de igualdade de g√™nero e combate ao trabalho for√ßado de mulheres em sua cadeia de valor? E como andam suas pol√≠ticas e dados sobre equipara√ß√£o salarial entre homens e mulheres (segundo o IBGE, mulheres ainda recebem, em m√©dia, 20% a menos que os homens ocupando os mesmos cargos)? 4¬†O √ćndice de Transpar√™ncia da Moda Brasil¬†e o Fashion Transparency Index, iniciativas do Fashion Revolution, cobram essas informa√ß√Ķes anualmente das grandes marcas e varejistas de moda.

 

Por Mais Mulheres no Poder

Não só na moda mas em todas as esferas!

Quer motivos? Ent√£o vamos l√°.

Importante lembrar: diversidade e inclusão não são tendência, mas a forma através da qual toda empresa deveria operar.

E se a moda nos ajuda a encontrar uma saída para expressar os tempos em que vivemos, seria impossível captar os tempos atuais sem diversidade e igualdade de gênero.

O que você pode fazer em prol da equidade de gênero?

Precisamos muito mais do que camisetas com frases de empoderamento. A equidade de g√™nero requer a√ß√Ķes concretas.

Vamos juntas construir um futuro mais feminino!

Shop Now | Venda sua Gringa

 

Fontes:

1 - ABIT

2 - Fashion Revolution

3 - PwC 

4 - Fashion Revolution Brasil

 

Escrito por Carol Perlingiere